Electronic Data Interchange - EDI,  Transformação digital

O que é o e-Procurement? Benefícios e obrigações

eprocurement

A aplicação de uma contratação eletrónica proporciona benefícios importantes tanto para o cliente como para o fornecedor. Em ambos os casos, a redução de custos é uma das principais vantagens que impulsionam a conversão dos processos de contratação e a implementação de soluções que possibilitem o e-Procurement. Além disso, no caso da administração pública, outro benefício fundamental é a transparência.

Entretanto, existem mais benefícios. O e-Procurement possibilita:

  • Otimização de tempo. Os processos em toda a cadeia de abastecimento são simplificados.
  • Diminuição de erros. Tratamento totalmente integrado da comunicação entre os sistemas de informação internos das empresas, permitindo a automatização de processos e a minimização da intervenção humana.
  • Rastreabilidade. A natureza eletrónica do sistema permite saber em tempo real o estado da gestão ao longo do processo (licitação, emissão, cobrança de faturas, etc.)
  • Maior eficiência. Os processos são simplificados e otimizados e a produtividade aumentada.
  • Agilidade nas cobranças.
  • Maior segurança. O sistema aumenta a segurança e a confidencialidade nas comunicações.

O e-Procurement faz parte do Plano de Diretrizes Orçamentárias dos Estados e existem diversas aplicações da contratação eletrónica no setor público. 

Faturação eletrónica

No âmbito europeu, a Diretiva 2014/55/UE propiciou a implementação da faturação eletrónica nos contratos públicos na União Europeia. A diretiva obriga os estados-membros a estabelecer sistemas de faturação eletrónica com base num padrão europeu comum. Com a implementação da norma europeia, a Diretiva 2014/55 cumpre o objetivo de promover a utilização do faturação eletrónica no domínio dos contratos públicos e de contribuir para o desenvolvimento do comércio transfronteiriço.

A fatura eletrónica na administração pública simplifica o cumprimento fiscal e reduz os custos financeiros.

O E-Invoicing é a porta de entrada para um processo mais amplo que envolve a contratação eletrónica no setor público que segue desde a licitação do contrato, passando por cada fase da cadeia de abastecimento, até à faturação e a cobrança do serviço. Um dos exemplos mais ilustrativos é a estratégia de e-procurement implementada pelo British National Health Service (NHS), que estabelece o uso de compras eletrónicas obrigatórias para órgãos do NHS e todos os seus fornecedores.

Conformidade fiscal

A proliferação do comércio eletrónico com a globalização faz com que as empresas aumentem a possibilidade de atuar em diferentes mercados. O cumprimento fiscal e tributário, de acordo com as normas exigidas em cada país, faz parte do e-Procurement.

A maioria dos governos implementou mecanismos para melhorar os processos de controlo tributário, para simplificar procedimentos e automatizar os processos de fiscalização. 

Num ambiente globalizado e com disparidade de sistemas contabilísticos, a padronização é essencial para a deteção rápida e eficaz de fraudes fiscais e, por isso, muitas autoridades fiscais têm implementado sistemas para obterem um maior controlo das informações. Na Europa, destaca-se a utilização do SAF-T (Standard Audit File for Tax). Trata-se de um tipo de ficheiro baseado no padrão XML, utilizado internacionalmente para a troca eletrónica de informações fiscais.

Através deste ficheiro, são recolhidas informações fiáveis que permitem à autoridade fiscal ou ao auditor externo detetar rapidamente qualquer anomalia na contabilidade de uma empresa.

Na Europa, o seu uso é difundido no cumprimento do IVA, mas também noutros dados da contabilidade eletrónica. Atualmente, o SAF-T é utilizado em: Portugal, Hungria, Polónia, Noruega, Lituânia, Luxemburgo, França e Áustria.

A faturação eletrónica no setor privado está a expandir-se com o avanço da digitalização das empresas. A América Latina está bastante avançada na massificação do e-Invoicing no campo B2B. Em países como México, Brasil, Argentina ou Equador, as Autoridades Fiscais estabeleceram um sistema que exige a validação e a autorização da fatura eletrónica como etapa anterior ao envio para o destinatário. Um processo que requer conectividade com o hub da entidade tributária e soluções que assegurem a comunicação em tempo real.

 

Soluções EDICOM alinhadas com e-Procurement

A Global EInvoicing Platform é uma plataforma que permite o envio de faturas eletrónicas para qualquer Administração Pública a partir de uma solução única que assegure que as faturas eletrónicas cumprem os princípios de:

  • Conectividade com os respetivos hubs da Administração Pública.
  • Conformidade: a fatura eletrónica obedecerá sempre aos requisitos técnicos e legais do país em que atua.
  • Adaptabilidade: A plataforma EDICOM assegura a adaptação a qualquer um dos sistemas, padrões e protocolos exigidos por um destinatário.

Global VAT Platform. É uma solução abrangente mais direcionada para as empresas multinacionais. É uma plataforma para comunicação eletrónica B2B2G com capacidades de Electronic Data Interchange (EDI), compliant e-Invoicing e VAT Compliance a nível global.

  • A plataforma está preparada tanto para a declaração eletrónica de IVA como para a faturação eletrónica e qualquer outra comunicação comercial ou fiscal, ou seja, é uma solução totalmente escalonável de acordo com as necessidades da empresa.
  • Trata-se de uma plataforma apta para o cumprimento fiscal em mais de 60 países em todo o mundo, sendo possível centralizar todos os procedimentos numa única solução.
     

Saiba mais sobre os potenciais benefícios para a sua empresa.

Contacte um representante da EDICOM.

Pode também estar interessado em ler sobre...

Digitalização sustentável para uma transição ecológica

Benefícios da digitalização sustentável através de um modelo de transformação digital

Como a tecnologia EDI pode ajudar as empresas do setor da saúde em Portugal

O EDI ajuda as empresas portuguesas a posicionarem-se como fornecedores do sistema de saúde público.

Para que serve o código GLN e por que é que é relevante para o seu negócio?

O GLN é um identificador de 13 dígitos específico de cada empresa, sendo necessário para a troca eletrónica de dados...