Características da faturação eletrónica no Brasil

O Brasil é, juntamente com o México, o mais importante emissor de e-facturas da América Latina, além da maior potência mundial em emissão de documentos fiscais eletrónicos através dos diferentes modelos de fatura eletrónica. Estes modelos pressupõem a adoção de sistemas diferenciados para a faturação de produtos ou serviços a empresas e consumidores, envolvendo as diferentes administrações tributárias. É um dos sistemas mais consolidados do mundo.
Autoridade fiscal

Autoridade fiscal

SEFAZ Secretaria da Fazenda.

PREFEITURA Equivalente a uma câmara municipal.

Obrigatoriedade

Obrigatoriedade

A emissão da fatura eletrónica no Brasil, nos seus diferentes formatos, é obrigatória para 100% dos contribuintes.

Procedimentos administrativos requeridos

Procedimentos administrativos requeridos

É necessária a obtenção de um certificado para assinar as faturas, que é facultado por uma Autoridade de Certificação certificada pelo ICP-Brasil (Infraestrutura de Chaves Públicas) e realização de um teste prévio com o gabinete da SEFAZ (Secretaria das Finanças Estatal).

Formato da fatura

Formato da fatura

Diferentes formatos de fatura eletrónica, denominada no Brasil Nota fiscal, todos eles em XML, mas com estruturas distintas em função da natureza do artigo a faturar. Por exemplo, NF-e para produtos, NFS-e para serviços ou CT-e para o transporte de mercadorias.

Assinatura digital

Assinatura digital

Obrigatória, formato XMLDsig.

Controlo fiscal

Controlo fiscal

O contribuinte deve declarar o seu NF-e e CT-e perante a administração tributária antes da expedição da mercadoria. A administração emite um código de autorização que é impresso na representação gráfica em PDF de cada e-fatura. Por outro lado, deve-se declarar a NFS-e junto de cada "prefeitura" ou município em que o serviço é prestado.

Formato de impressão

Formato de impressão

Para NF-e e CT-e, é necessário gerar o DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) e o DACTE (Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico), respetivamente, que é necessário imprimir seguindo um formato normalizado, e deve-se acompanhar a mercadoria durante o seu transporte. As NFS-e também têm um padrão definido por cada “prefeitura” ou município. 

Armazenamento

Armazenamento

Obrigatório quer para o emissor quer para o recetor durante 5 anos.

Precisa de saber mais sobre a fatura eletrónica no Brasil?

Contacte um dos nossos especialistas em facturação electrónica.

Informamos que os dados pessoais coletados através deste formulário poderão ser utilizados para contato por qualquer uma das empresas do Grupo Edicom. Da mesma forma, você pode exercer os direitos de acesso, retificação, eliminação, oposição, limitação e portabilidade de seus dados, de acordo com as disposições da política de privacidade.

O nome não pode estar vazio Deve introduzir um número de telefone Selecione o seu país Aceite as condições

A enviar

Por favor, espere. Isto pode demorar vários segundos.

Obrigado por enviar os seus dados!