Características da faturação eletrónica na Bélgica

O uso da fatura eletrónica na Bélgica começou em 2013, quando o governo equiparou a sua validade à das faturas em papel. No âmbito B2B, o seu uso é voluntário. No setor público, é obrigatório, seguindo as diretrizes europeias; todas as administrações federais e centrais devem receber faturas eletrónicas.

Autoridade fiscal

Autoridade fiscal

Federale Overheidsdienst Financien

Obligatoriedade

Obligatoriedade

No âmbito B2G, a fatura eletrónica é obrigatória quer para as administrações públicas centrais e federais quer para os seus fornecedores. No setor privado, o uso da fatura eletrónica é voluntário e está sujeito à aceitação dos recetores.

Formato da fatura

Formato da fatura

PEPPOL BIS 3.0

Assinatura digital

Assinatura digital

Não é obrigatória

Armazenamento

Armazenamento

7 anos

Precisa de saber mais sobre a fatura eletrónica na Bélgica?

Contacte um dos nossos especialistas em facturação electrónica.

Informamos que os dados pessoais coletados através deste formulário poderão ser utilizados para contato por qualquer uma das empresas do Grupo Edicom. Da mesma forma, você pode exercer os direitos de acesso, retificação, eliminação, oposição, limitação e portabilidade de seus dados, de acordo com as disposições da política de privacidade.

O nome não pode estar vazio Deve introduzir um número de telefone Selecione o seu país Aceite as condições

A enviar

Por favor, espere. Isto pode demorar vários segundos.

Obrigado por enviar os seus dados!

Preguntas Frecuentes

As faturas eletrónicas para o setor público podem ser enviadas seguindo o modelo PEPPOL. O governo federal tem uma plataforma central de receção de faturas denominada MERCURIUS, ligada à rede PEPPOL. Todas as entidades públicas do país – tanto centralizadas como descentralizadas – podem utilizar esta plataforma. Contudo, têm a liberdade de escolher uma ligação direta à rede PEPPOL. 

De momento, só é obrigatória tanto para toda a administração pública como para os seus fornecedores nas regiões da Flandes e de Bruxelas.