Electronic Data Interchange - EDI

EDI no setor retail, as mensagens DESADV e RECADV

EDI retail

As mensagens DESADV e RECADV são mensagens EDI estruturadas com informação básica para assegurar a rastreabilidade na cadeia de fornecimento. A integração deste tipo de mensagens em setores como o retail é fundamental para a logística da distribuição, tanto que cada vez mais empresas exigem que os seus fornecedores tenham estes documentos implementados.

As mensagens EDI na cadeia de fornecimento

As mensagens DESADV e RECADV são as mensagens mais utilizadas na cadeia de fornecimento e ambas favorecem os bons resultados das gestões para fornecedores, distribuidores e clientes finais. Juntamente com outras mensagens tais como ORDERS, INVOIC ou REMADV, etc., oferecem um fluxo de informação em tempo real que aumenta a eficiência e a produtividade nas transações comerciais. 

Estas mensagens são utilizadas no intercâmbio eletrónico de dados EDI (Electronic Data Interchange) no âmbito das relações B2B para a administração, o comércio e os transportes em diferentes setores e países. Utilizam um formato padrão -UN/EDIFACT-, definido pelas Nações Unidas. 

A natureza normalizada do sistema EDI e a estandardização dos documentos permite uma ligação sem problemas com qualquer interlocutor e a integração das várias mensagens habitualmente trocadas numa relação comercial (encomendas, faturas, relatórios de inventários, avisos de expedição, etc.) 

 O que é a DESADV?

DESADV (Despatch Advice) é a Guia de Remessa eletrónica ou o Aviso de Expedição. É uma mensagem onde se especificam os detalhes sobre a mercadoria enviada. 

A mensagem DESADV é uma notificação de envio com duas funções principais. Por um lado, verificar se a mercadoria a enviar pelo fornecedor corresponde à encomenda realizada pelo distribuidor. Por outro lado, informar com antecedência o retail da entrega das mercadorias no seu armazém ou na sua loja para que se possam preparar para a chegada de novos produtos.

Mediante esta mensagem, informa-se detalhadamente sobre o conteúdo do envio de mercadoria e dados relevantes sobre o mesmo. Por exemplo, incluiria o número de artigos, descrição de cada um, tipo de embalagem, data e hora de entrega, etc. Funciona também no caso de devolução da mercadoria.

A mensagem DESADV pode ser tão simples ou tão complexa quanto a operação o exija.

O que é a mensagem RECADV?

RECADV (Receiving Advice Message) é o aviso de confirmação de receção da encomenda. É utilizado pelo operador logístico ou distribuidor para confirmar ao fabricante ou fornecedor que recebeu a mercadoria e que corresponde ou não à encomenda. Mediante esta mensagem, verifica-se a informação e pode-se gerar a fatura ou, se a mercadoria entregue não corresponder à encomenda inicial, apresentar as devidas reclamações. 

A mensagem RECADV inclui dados como:

  • Quantidade recebida
  • Quantidade aceite
  • Quantidade devolvida ou não aceite e o motivo da devolução

Como implementar as mensagens DESADV e REDADV de forma integrada na minha empresa?

As transações EDI podem ser integradas com qualquer ERP ou sistema de gestão interna, bastando fazer algumas adaptações dos sistemas. A EDICOM desenvolveu uma tecnologia EDI adaptada às necessidades do sector retail. Através da solução EDI Integrado em modo SaaS, a plataforma estabelece ligações com o ERP, CRM e todas as aplicações de gestão envolvidas no intercâmbio eletrónico de dados com clientes, fornecedores, operadores logísticos e qualquer parceiro envolvido na cadeia de fornecimento. 

Permite automatizar as transações, sem necessidade de modificar os procedimentos internos de trabalho. Estas soluções estão totalmente automatizadas, integrando os dados dos documentos enviados e recebidos com o seu sistema de gestão.

Uma das principais vantagens desta solução é a sua escalabilidade, de modo que podem ser implementadas tantas mensagens EDI quantas forem necessárias consoante as necessidades da empresa.

Precisa de implementar de forma rápida e simples as mensagens DESADV e RECADV ou quaisquer outras mensagens EDI da cadeia de fornecimento? Contacte a EDICOM utilizando o seguinte formulário para receber aconselhamento sobre como integrar estas mensagens nas suas operações diárias com operadores logísticos e distribuidores. 

Apenas são admitidos domínios corporativos

Os dados pessoais recolhidos serão utilizados pelas empresas do Grupo EDICOM para atender às consultas efetuadas e/ou gerir os serviços solicitados. Você pode exercer os direitos de acesso, retificação, oposição, limitação e portabilidade de seus dados de acordo com as disposições da política de privacidade.

O nome não pode estar vazio É preciso entrar na empresa Deve introduzir um número de telefone É necessário introduzir uma descrição Terá de introduzir a sua posição Aceite as condições

Fluxos de trabalho com as mensagens DESADV e RECADV

A melhoria da experiência de compra do cliente final tornou-se o objetivo prioritário do setor da distribuição. Para isso, os principais agentes do setor retail estão a esforçar-se por otimizar os seus processos. A implementação das mensagens DESADV e RECADV contribui para a melhoria destes processos na cadeia de fornecimento, razão pela qual cada vez mais distribuidores exigem que os seus fornecedores estejam preparados para trabalhar com este sistema e que estejam alinhados com os seus padrões de qualidade. 

A sequência dos fluxos de troca de informação seria a seguinte:

  1. O distribuidor emitiu uma encomenda inicial que o fornecedor processou. Quando a mercadoria está pronta para o envio, o fornecedor emite o aviso de expedição ou a mensagem DESADV para o seu cliente (retailer).
  2. O distribuidor recebe a mensagem que, graças à solução EDI, fica integrada no ERP. Num relance, o cliente compara o aviso de expedição com a encomenda inicial, pois ambos os documentos estão rastreados e, se houver diferenças, aparecem. 
  3. Se estiver tudo correto, o cliente emite um aviso de confirmação ao fornecedor. Os armazéns recebem a informação sobre os novos produtos que vão chegar, para que possam planear a descarga e o armazenamento com antecedência.
  4. Quando o distribuidor recebe fisicamente a mercadoria nos seus armazéns e a verifica, envia ao fornecedor uma RECADV com informações acerca da mercadoria recebida. Se estiver tudo conforme, o fornecedor emitirá a fatura. 

Vantagens da DESADV e da RECADV para as empresas

Existem vantagens gerais que tanto fornecedores como distribuidores adquirirão com a implementação das mensagens DESADV e RECADV:

  • Diminuição do número de erros graças à automatização do fluxo de comunicação da cadeia de fornecimento.
  • Otimização das gestões graças à rastreabilidade. 
  • Maior controlo das operações porque possibilita implementar processos de validação. Por exemplo, no caso da mensagem DESADV, a principal vantagem para os distribuidores é que podem verificar rapidamente se a mercadoria que vão receber corresponde à sua encomenda (ORDERS). Mediante soluções EDI, ambos os documentos ficam rastreados, para que o cliente receba um aviso em caso de discrepâncias. Se estiver tudo correto, emite-se a mensagem de conformidade que dá luz verde para o envio da mercadoria. Para os fornecedores, enviar antecipadamente o Aviso de Expedição permite-lhes obter margem de manobra para remediar quaisquer erros na preparação da encomenda, caso a mensagem de resposta do distribuidor não esteja em conformidade. Esta verificação antecipada permite reduzir os erros no envio da mercadoria. No caso da RECADV, com a pós-faturação, reduzem-se os erros nas faturas que podem ocorrer devido a incidências no processo de entrega da mercadoria, e que são detetadas a tempo graças à utilização desta mensagem EDI onde se indica qualquer alteração à encomenda.
  • Agilidade das operações. Saber os prazos de entrega ajuda a planear a receção da mercadoria. A mensagem DESADV também pode ser enviada ao operador logístico para avisar sobre o aprovisionamento no armazém. No caso de mercadorias com envio transfronteiriço, saber os tempos permite agilizar os procedimentos com as alfândegas, transitários, autoridade portuária, etc.
     

EDICOM News Portugal | Descobre mais sobre Electronic Data Interchange - EDI

Automatize todos os seus processos comerciais com partners que não dispõem de soluções EDI

Como automatizar processos com clientes e fornecedores que não contam com EDI.

Para que serve o código GLN e por que é que é relevante para o seu negócio?

O GLN é um identificador de 13 dígitos específico de cada empresa, sendo necessário para a troca eletrónica de dados...

Ferramentas e tecnologia para a gestão de grandes projetos EDI

Tecnologia e metodologia colaborativa para a gestão ágil de grandes projetos EDI com alcance internacional