Faturação eletrónica

As faturas em papel vão deixar de ser dedutíveis no Egito

fatura eletrónica Egipto

A partir de 1 de janeiro de 2022, as faturas em papel deixarão de ser dedutíveis no Egito. Apenas se poderá deduzir o IVA das faturas eletrónicas.

A nova regulamentação sobre faturas eletrónicas figura no Decreto N.º 125 de 2021, publicado pelo Ministério das Finanças do Egito.

O Egito está em pleno processo de massificação da fatura eletrónica. O governo estabeleceu um modelo de implementação progressivo em função do volume de faturação de todas as empresas que vendem bens ou serviços sujeitos a impostos. No entanto, é possível aderir ao novo sistema de forma voluntária.

Esta decisão enquadra-se no projeto nacional de modernização e automatização do sistema de gestão tributário para facilitar o rendimento de contas por parte dos contribuintes, assim como o controlo fiscal e financeiro.

O Governo estima que, na primeira e na segunda fases de implementação do modelo de faturação eletrónica, tenham aderido mais de 411 empresas. 

 



 

Saiba mais sobre os potenciais benefícios para a sua empresa.

Contacte um representante da EDICOM.

Pode também estar interessado em ler sobre...

Que países trocam faturas eletrónicas através do Peppol

Descubra que países beneficiam das vantagens oferecidas pela infraestrutura PEPPOL para a troca de faturas eletrónicas.

Como é a fatura eletrónica no Paraguai

Conheça o funcionamento do Sistema Integrado de Faturação Eletrónica Nacional SIFEN do Paraguai.

A implementação do GOVEIN19 está a revelar-se um êxito em toda a Europa

A EDICOM implementa com êxito o projeto GOVEIN19 para o desenvolvimento da faturação eletrónica em hospitais europeus.