Faturação eletrónica

A Austrália impulsiona o uso da fatura eletrónica

factura electrónica en Australia

O governo da Austrália apostou na fatura eletrónica. A sua introdução nos processos de digitalização das pequenas e médias empresas terá um peso específico a partir dos novos investimentos e ações anunciados recentemente pelo Primeiro-Ministro. 
O objetivo é conseguir o uso da fatura eletrónica, quer no âmbito público como no privado. A massificação da fatura eletrónica para as agências governamentais na Austrália está estimada para julho de 2022.  Paralelamente, irá trabalhar-se na sua aplicação no âmbito das empresas. Por isso, o governo australiano anunciou novos investimentos e ações reunidos no plano de Estratégia de Economia Digital.
O primeiro passo é aumentar a consciência sobre o valor da faturação eletrónica para as empresas e promover a sua adoção; para tal, prevê-se investir 15 300 000 AUD. 
As entidades encarregadas de impulsionar o sistema e-Invoicing são a Australian Peppol Authority (ATO) e o Treasury, que irão implementar as seguintes ações para melhorar o conhecimento e a adoção da fatura eletrónica: 

  • Compilar informação sobre o uso da fatura eletrónica e o nível de implementação do e-Procurement.  
  • Continuar a trabalhar com os estados e territórios para aumentar a adoção da fatura eletrónica no âmbito B2G.
  • Promover atividades educativas de sensibilização orientadas para o setor empresarial.
  • Trabalhar com fornecedores de pagamento (EFTPOS, Visa, Mastercard, New Payments Platform Australia -NPPA) para explorar oportunidades sobre como a faturação eletrónica pode complementar a experiência de pagamento das empresas.
  • Explorar novas fórmulas para acelerar a adoção da faturação eletrónica.


Estima-se que, na Austrália, as empresas intercambiam mais de 1200 milhões de faturas anualmente. 90% realizam-se através do modelo tradicional. A digitalização do sistema pode poupar até 20$ por fatura. A faturação eletrónica também melhora os tempos de pagamento para as empresas, sobretudo as PME. Com o impulso da sua implementação, o governo australiano pretende aumentar a produtividade das empresas e incidir sobre a vantagem da redução de custos. 


Estratégia de Economia Digital na Austrália

O impulso da fatura eletrónica enquadra-se no plano de Estratégia de Economia Digital para a transformação digital do país como alavanca de mudança para a recuperação económica, no horizonte de 2030. O orçamento global destinado é de 1,2 mil milhões $.

O mapa da transformação digital está focado nas seguintes áreas:

  • Desenvolvimento das competências digitais dos australianos, em linha com o desenvolvimento da digitalização das empresas e dos empregos.
  • Fomento do investimento empresarial, através de incentivos fiscais, para que as empresas estimulem o investimento em tecnologias digitais para melhorar a sua produtividade, crescer e criar postos de trabalho.
  • Melhoria da prestação de serviços governamentais através do desenvolvimento do e-Government e a melhoria de serviços como MyGov e My Health Record.
  • Digitalização das PME. O objetivo é melhorar a produtividade das pequenas e médias empresas para capitalizar as oportunidades criadas pelas tecnologias digitais. Prevêem-se ações como a assessoria para desenvolver as suas capacidades digitais e a introdução da fatura eletrónica. O investimento para a transformação digital das PME contempla um investimento de 800 milhões de $ no Plano de Negócios Digitais, que está a ajudar as empresas a utilizar as tecnologias digitais para crescer e criar empregos como parte da recuperação económica da Austrália.
  • Dados e economia digital. Favorecer o uso efetivo e a grande escala dos dados. Os dados são de vital importância para construir uma economia digital moderna e oferecer melhores resultados para os australianos. Por isso, o governo compromete-se a implementar a primeira estratégia de dados da Austrália que estabelece a melhoria do uso efetivo, seguro e protegido dos dados durante o período de 2021 a 2025. 
  • Desenvolvimento da Inteligência Artificial para aplicação na economia do país. Prevê-se a criação do Centro Nacional de IA, juntamente com quatro Centros de Capacidade Digital para definir as bases de um ecossistema australiano de IA e digital: implementação nas empresas, capacitação, desenvolvimento de projetos piloto de IA, entre outros. 
  • Desenvolvimento de tecnologia de aviação emergente – como os drones-, aplicada ao transporte e à gestão da cadeia de fornecimento, agricultura digital, assim como para melhorar a logística e a conectividade para os australianos urbanos e regionais.
  • Melhorar a segurança no ambiente digital para estabelecer a confiança e a proteção necessárias para o seu desenvolvimento. 

Saiba mais sobre os potenciais benefícios para a sua empresa.

Contacte um representante da EDICOM.

Pode também estar interessado em ler sobre...

Serviço de controlo de faturas reclamadas no Chile

Automatize a gestão das faturas reclamadas e evite discrepâncias com o Formulário 29.

Novidades sobre a fatura eletrónica na região Benelux

Analizamos el estado de la factura electrónica en los países de la región Benelux: Bélgica, Holanda y Luxemburgo.

Como é a fatura eletrónica na Bolívia

Saiba como funcionam as novas modalidades de faturação eletrónica na Bolívia.