Faturação eletrónica,  EDICOM

A implementação do GOVEIN19 está a revelar-se um êxito em toda a Europa

edicom govein19

O projeto GOVEIN19 está a implementar, com êxito, uma solução de faturação eletrónica para os hospitais na Bélgica, Polónia, Portugal e Hungria durante este Verão. Cada hospital já pode receber e processar faturas eletrónicas transfronteiriças, cumprindo a norma europeia segundo o estipulado na Diretiva relativa à Faturação Eletrónica (2014/55/UE). Esta diretiva, entre outras medidas, estabelece a obrigação de implementar a fatura eletrónica europeia entre o Setor Público e os seus fornecedores.

O projeto terminará em outubro de 2021 e permitirá às entidades envolvidas uma melhor gestão, um melhor controlo dos seus recursos e registo das transações com terceiros e a interoperabilidade com o sistema de saúde em toda a Europa, que enfrenta grandes desafios após o COVID-19. 

A EDICOM, a empresa espanhola que coordena este projeto, e a Universitat Politécnica de Valência apoiou os clientes no cumprimento da Diretiva de faturação eletrónica da UE com a sua plataforma B2B Cloud, que está alinhada com a norma europeia (OASIS UBL 2.1 e UN/CEFACT CII). 

O GOVEIN19 é cofinanciado pela Agência HADEA da Comissão Europeia, através do Programa Conectar Europa em Telecomunicações CEF Telecom, um instrumento concebido para facilitar a interação transfronteiriça entre organismos públicos, empresas e cidadãos.

Action N.º: 2019-EU-IA-0046

https://ec.europa.eu/inea/en/connecting-europe-facility/cef-telecom/2019-eu-ia-0046

*Os conteúdos desta publicação são apenas da responsabilidade da EDICOM GROUP e não refletem a opinião da União Europeia. Cofinanciamento pelo Mecanismo "Conetar Europa" da União Europeia.

Saiba mais sobre os potenciais benefícios para a sua empresa.

Contacte um representante da EDICOM.

Pode também estar interessado em ler sobre...

A Eslováquia avança no seu projeto de fatura eletrónica

A Eslováquia termina a preparação da sua plataforma de faturação eletrónica IS EFA.

As faturas eletrónicas em Portugal devem ter a assinatura digital

A partir de dezembro, as faturas eletrónicas e as faturas em PDF só serão válidas se estiverem assinadas digitalmente.