Faturação eletrónica

O que são os Pedidos Eletrónicos? Conheça os seus benefícios e casos de Êxito na Europa

pedidos-eletronicos

Um pedido eletrónico é um pedido emitido e enviado para o fornecedor em formato eletrónico. O pedido, é também conhecido como pedido de compra ou pelo acrônimo de PO, é o documento que formaliza a solicitação de bens e/ou serviços a um fornecedor, nas condições acordadas entre as partes durante uma transação comercial.

O Pedido Eletrónico é um tipo de mensagem intercambiada por meio de soluções de intercâmbio eletrónico de dados, conhecida como EDI (Electronic Data Interchange). O uso dessa mensagem faz parte do fluxo de mensagens eletrónicas que automatizam o processo de compra, através de mensagens do tipo: pedido, aviso de expedição e a fatura eletrónica.

Cada vez mais, as empresas de diferentes setores estão a implementar os pedidos eletrónicos nas relações B2B e B2G.

A vantagem do pedido eletrónico, decorre dos benefícios de operar com soluções EDI, as quais são totalmente escaláveis, podendo expander as suas operações conforme as necessidades da empresa.

Normalmente, o desenvolvimento do EDI surge através da sua implementação de sistemas de faturação eletrónica. A incorporação de outros tipos de mensagens relacionadas com as transações eletrónicas são incorporadas rapidamente, uma vez que é desenvolvida a infraestrutura de comunicação, ao qual a incorporação de novos documentos, como pedidos, torna-se um acréscimo natural no fluxo EDI.

O EDI foi projetado para automatizar a integração de documentos comerciais com o ERP ou Sistema de Gestão Interno da empresa. O sistema fornece mais segurança, mais agilidade e uma comunicação fluída entre os diferentes partners, derivado à utilização de padrões standards. Na medida em que o número de partners comerciais (clientes, fornecedores, operadores logísticos, etc.) e mensagens via EDI são intercambiadas de forma massiva, maiores são os benefícios obtidos.

Atualmente, os pedidos eletrónicos têm vindo a ser implementados em setores como o da saúde, atuando nas relações público-privadas ou na distribuição. No caso do setor saúde, a explicação é lógica: surge a necessidade de garantir o funcionamento de sua cadeia de fornecimento e da grande heterogeneidade de produtos e suprimentos que empresas desse segmento precisam gerir. O EDI é um elemento chave para otimizar e melhorar a gestão administrativa e operacional do setor saúde.

 

Benefícios dos Pedidos Eletrónicos

Os pedidos eletrónicos revela inúmero benefícios, tanto para clientes como para fornecedores, tais como: o, imediatismo, a segurança da informação, a padronização do conteúdo e rastreabilidade das transações são os aspectos determinantes para que sistema opere de forma ágil e escalável.

Para o fornecedor

  • O sistema automatiza o processo de gestão de pedidos:
  • O sistema recebe o pedido eletrónico e automaticamente aciona processos complementares para que a informação integre com o ERP da empresa, ao qual a informação é transformada numa estrutura de dados passível de integração com seu sistema.
  • Os dados do pedido são integrados ao sistema de gestão e estão aptos  para que sejam processados..
  • O cliente, automaticamente é informado de que o pedido foi recebido e que o mesmo está em tratamento.
  • As faturas eletrónicas são geradas automaticamente a partir das informações do pedido.
  • Melhoria no tratamento da informação.
  • Diminuição de erros.
  • Melhor atendimento ao cliente.
  • Otimização do processo de faturação, devido ao fato de o sistema emitir a fatura automaticamente com base no Pedido rececionado.
  • Redução de custos de processamento e armazenamento.
  • Eliminação de papel.

Para o cliente

  • Automatização e criação de pedidos no formato EDI a partir dos dados que constam no ERP.
  • Receção de avisos que informam quando o pedido foi recebido e processado no destino.

 

Experiências na utilização dos Pedidos Eletrónicos na Europa

Países como Itália e Reino Unido já introduziram os pedidos eletrónicos de forma obrigatória no setor de saúde pública. A Dinamarca começará a utilizar os catálogos de produtos e pedidos eletrónicos de forma obrigatória no próximo ano.

Nesses casos, os pedidos eletrónicos obrigam os fornecedores da administração pública a estarem preparados para receber pedidos eletrónicos, no formato standard europeu e que sejam enviados pela rede Panaeuroepa PEPPOL.

No Reino Unido, a utilização do EDI entre o National Health Service (NHS) e todos os seus fornecedores, fazem parte do desenvolvimento da sua e-Procurement Strategy. O sistema propõe a implementação de quatro tipos de mensagens EDI: pedidos, faturas, confirmação de pedidos e notas de crédito. Além disso, o padrão PEPPOL (Pan European Public Procurement On Line) é utilizado para garantir a interoperabilidade de toda a rede, ao qual a sua utilização exige que os fornecedores utilizem serviços de um Access Point credenciado pela PEPPOL.

Em Itália, desde 1 de fevereiro, os fornecedores de serviços nacionais de saúde (SSN) são obrigados a receber pedidos eletrónicos via plataforma governamental NSO (Nodo Smistamento Ordini) ou através da rede PEPPOL. Isso significa que todas as empresas que fornecem SSN, deverão estar preparados tecnologicamente para receber e processar pedidos de forma eletrónica.

Destaca-se o caso da região italiana de Emilia-Romagna, pioneira no desenvolvimento da cultura paperless no setor público. Desde junho de 2016, as agências de saúde e seus fornecedores são obrigados a trocar pedidos e avisos de expedição em formato eletrónico, utilizando a rede PEPPOL.

Na Dinamarca, os múltiplos benefícios do uso da fatura eletrónica, incentivaram o governo dinamarquês a incluir os pedidos e catálogos eletrónicos dos produtos contratados pelas entidades públicas. A Câmara de Comércio dinamarquesa Erhvervsstyrelsen, prevê que a utilização obrigatória de pedidos e catálogos, entrará em vigor a 1 de janeiro de 2021. Portanto, a partir dessa data, as instituições públicas terão que enviar pedidos eletrónicos a partir dos catálogos eletrónicos.

 

Saiba mais sobre os potenciais benefícios para a sua empresa.

Contacte um representante da EDICOM.

Pode também estar interessado em ler sobre...

Que países trocam faturas eletrónicas através do Peppol

Descubra que países beneficiam das vantagens oferecidas pela infraestrutura PEPPOL para a troca de faturas eletrónicas.

Como é a fatura eletrónica no Paraguai

Conheça o funcionamento do Sistema Integrado de Faturação Eletrónica Nacional SIFEN do Paraguai.

A implementação do GOVEIN19 está a revelar-se um êxito em toda a Europa

A EDICOM implementa com êxito o projeto GOVEIN19 para o desenvolvimento da faturação eletrónica em hospitais europeus.