RTIR na Hungria, comunicação de dados de faturas em tempo real

Desde 1 de julho de 2018 que vigora na Hungria um Sistema de comunicação de dados de IVA de faturas emitidas por RTIR (Real Time Invoice Reporting).

Comece o seu projeto RTIR na Hungria hoje mesmo

O Decreto 23/2014 implementou a comunicação online de dados de faturas em tempo real.

Este sistema afeta os procedimentos internos das empresas aquando do registo e preparação da informação a enviar. Realizar estas tarefas para cada uma das faturas recebidas pode representar a dedicação de uma grande quantidade de recursos humanos e de tempo a estas tarefas. 

Perguntas Mais Frequentes

Aqui compilámos algumas das perguntas e respostas mais frequentes que surgem frequentemente sobre a declaração electrónica de impostos na Hungria.

Se tiver alguma questão ou dúvida que não esteja resolvida entre elas, por favor deixe-nos os seus dados e entraremos em contacto consigo o mais rapidamente possível.

 

A ligação com a autoridade fiscal húngara (HUTA) realiza-se através do serviço web.

A comunicação de dados do IVA é enviada de forma imediata e eletrónica, sem intervenção humana.

Todo o processo é automático, realiza-se numa questão de segundos e é totalmente transparente para o utilizador. Isso significa que os departamentos de contabilidade e administração podem continuar a trabalhar a partir dos seus sistemas de administração habituais.

As declarações de IVA para as faturas emitidas devem ser enviadas eletronicamente, sem intervenção humana, para a administração nacional tributária e aduaneira do NAV.

Esta obrigação afeta todas as empresas registadas na Hungria para efeitos de IVA.

Os contribuintes devem registar-se no NAV e criar um utilizador técnico que depois será entregue ao seu fornecedor de tecnologia para estabelecer uma ligação com o departamento tributário húngaro.

O formato requerido para o envio dos dados de faturas é XML.

Não obstante, as empresas devem ter os seus sistemas preparados para enviar os ficheiros SAF quando tal for requerido pela autoridade tributária. Essa informação deve conter:

  • Contabilidade geral, clientes, fornecedores e IVA.

  • Contas por cobrar.

  • Contas por pagar.

O NAV realiza uma validação de cada documento e, se cumprir os requisitos estabelecidos, devolve uma mensagem ao emissor com o estado de cada fatura enviada.

Essa mensagem é eletrónica, no formato XML, sendo possível integrar essas respostas no ERP do emissor para uma maior comodidade e rapidez no tratamento da informação.

Os estados informados são de erro técnico, que impede a aceitação da fatura pelo NAV; aviso de um erro semântico, mas que não impede a aceitação da fatura e confirmação da aceitação da fatura.

Livro Branco sobre o Cumprimento do IVA

A Global VAT Compliance Expert Analysis (disponível em inglês e espanhol) é um recurso concebido para empresas que operam em vários países ou que tencionam fazê-lo.

Através dela, pode descobrir como funciona o IVA indirecto, como é regulado e quais são as suas implicações tanto para as empresas como para as autoridades fiscais.

Precisa de enviar declarações de IVA para vários países?

A plataforma da EDICOM simplifica os processos de comunicação com as autoridades fiscais em contextos multinacionais. Uma solução multipadrão e multiprotocolo que se adapta aos principais sistemas ERP do mercado.

 

Espahna - SII

Suministro Inmediato de Información

Reino Unido - MTD

Making Tax Digital

Portugal - SAFT PT

Standard Audit Tax Purposes

Hungria - RTIR

Real Time Invoice Reporting

Grécia - myDATA

My Digital Accounting & Tax Application

Lituânia i.MAS

Smart Tax Administration System

Noruega - SAFT

Standard Audit Tax Purposes

Notícias sobre cumprimento fiscal

A Polónia torna obrigatório o uso da fatura eletrónica B2B

A massificação terá início de forma voluntária em outubro de 2021 e de forma obrigatória a partir de 2023.

Portugal torna obrigatória a declaração do ficheiro de SAF-T de Contabilidade

No anode 2021, os contribuintes portugueses devem declarar eletronicamente o ficheiro contabilístico SAF-T à AT.

Como funciona o sistema eWay Bill na Índia

Conheça todos sobre o funcionamento da declaração obrigatória de transporte de mercadorias na Índia.

Envie-nos os seus dados de contato e contactá-lo-emos imediatamente.

Entre em contato com um dos nossos especialistas e esclareça todas as suas dúvidas em relação às nossas soluções.

Falamos?

Apenas são admitidos domínios corporativos

Informamos que os dados pessoais coletados através deste formulário poderão ser utilizados para contato por qualquer uma das empresas do Grupo Edicom. Da mesma forma, você pode exercer os direitos de acesso, retificação, eliminação, oposição, limitação e portabilidade de seus dados, de acordo com as disposições da política de privacidade.