Fornecimento imediato de informação em Espanha

A partir de 1 de julho de 2017, todas as declarações de IVA e livros de registo em Espanha devem ser enviados para o escritório eletrónico da AEAT em tempo real.

Solução integral para o fornecimento imediato de informação

O sistema de Fornecimento imediato de informação com a Agência Tributária Espanhola entrou em vigor no dia 1 de julho de 2017, afetando mais de 62 000 empresas.

Este sistema baseia-se na declaração de informação em tempo real relativamente aos registos de faturação das empresas. 

O EDICOMSii automatiza o processo completo de envio de informação para a autoridade fiscal espanhola (AEAT)

Grandes empresas (com uma faturação anual superior a 6 010 121,04 €).

Grupos societários para efeitos de IVA.

Inscritos no regime de devolução mensal (REDEME).

Empresas que decidam aderir voluntariamente a este novo modelo de gestão do IVA.

 

Deve remeter-se este livro de registo no prazo de quatro dias úteis após a emissão da fatura. O prazo de quatro dias úteis alarga-se a oito dias úteis caso a fatura seja emitida pelo destinatário ou por um terceiro. No máximo, no dia 16 do mês seguinte.

Deve emitir-se, no prazo de quatro dias úteis a partir da data do registo contabilístico da fatura e, em todos os casos, antes do dia 16 do mês seguinte ao período de liquidação em que se tiver incluído as operações.

Deve fornecer-se, no prazo de quatro dias úteis a partir do início da expedição ou transporte, ou desde o momento da receção dos bens a que se referem.

Deve fornecer-se dentro do prazo de apresentação correspondente ao último período de liquidação de cada ano civil (30 de janeiro).

Trata-se de um formato XML que consta de um cabeçalho comum com informação sobre o titular de cada livro de registo e de um bloco com os dados das faturas. Para todas as mensagens declaradas é devolvido um aviso de receção sincronicamente.

No entanto, a AEAT definiu um esquema XML específico para cada tipo de mensagem, o que implica um desafio adicional para as empresas.

O EDICOMSii cumpre os três grandes desafios tecnológicos do Fornecimento Imediato de Informação.

Emissão de IVA eletrónico

Emissão de IVA eletrónico

Automatize a emissão dos livros de IVA a partir dos dados do seu sistema contabilístico.

Conectividade com a AEAT

Conectividade com a AEAT

Ligue-se à sede eletrónica da AEAT para a declaração dos livros de IVA e a integração das respostas de estado.

Proteção de livros de IVA

Proteção de livros de IVA

Proteção dos livros declarados e das mensagens de estado emitidos pela AEAT num serviço de armazenamento desenvolvido em conformidade com o Regulamento Europeu 910/2014.

Porquê escolher o EDICOMSii?

 

 

100% fácil

Solicite uma demo da nossa solução e descubra um ambiente simples e fácil de utilizar, onde pode localizar qualquer registo enviado à AEAT, assim como as respostas ou notificações associadas. Além disso, oferece estatísticas através da representação de gráficos personalizáveis.

Clientes que já confiam em nós

Precisa de enviar declarações de IVA para vários países?

A plataforma da EDICOM simplifica os processos de comunicação com as autoridades fiscais em contextos multinacionais. Uma solução multipadrão e multiprotocolo que se adapta aos principais sistemas ERP do mercado.

 

Espahna - SII

Suministro Inmediato de Información

Reino Unido - MTD

Making Tax Digital

Portugal - SAFT PT

Standard Audit Tax Purposes

Hungria - RTIR

Real Time Invoice Reporting

Grécia - myDATA

My Digital Accounting & Tax Application

Lituânia i.MAS

Smart Tax Administration System

Noruega - SAFT

Standard Audit Tax Purposes

Roménia - SAFT

Standard Audit Tax Purposes

Polónia - SAFT

Standard Audit Tax Purposes

França SAFT

Transmissão de dados de transacção

Notícias sobre cumprimento fiscal

Ásia-Pacífico: Estado da fatura eletrónica e da declaração de impostos eletrónicos

Do Japão à Nova Zelândia, a região APAC está a acelerar a implementação de requisitos em matéria de faturação eletrónica

Como é a fatura eletrónica no Uruguai

Conheça o sistema de fatura eletrónica no Uruguai baseado no uso de Comprovativos Fiscais Eletrónicos (CFE).

A Polónia torna obrigatório o uso da fatura eletrónica B2B

A massificação começou de forma voluntária em janeiro de 2022 e de forma obrigatória a partir de 2024.

Envie-nos os seus dados de contato e contactá-lo-emos imediatamente.

Entre em contato com um dos nossos especialistas e esclareça todas as suas dúvidas em relação às nossas soluções.

Falamos?

Apenas são admitidos domínios corporativos

Os dados pessoais recolhidos serão utilizados pelas empresas do Grupo EDICOM para atender às consultas efetuadas e/ou gerir os serviços solicitados. Você pode exercer os direitos de acesso, retificação, oposição, limitação e portabilidade de seus dados de acordo com as disposições da política de privacidade.